Minha nossa!!! Vou ser pai... Legal, ano passado eu tive essa notícia também e infelizmente acabou não se concretizando devido a um aborto espontâneo que me devastou de uma forma infernal, minha mente não funcionava direito e apenas o que eu sabia fazer era beber e dar trabalho pra minha esposa. Quase acabei com meu casamento por causa disso. Porém, graças a Deus eu tenho esposa de fibra que além de aguentar o baque que foi o aborto (que com certeza foi bem pior pra ela do que pra mim) me aguentou e me ajudou a superar o que eu achei que era a pior coisa que já tinha me acontecido, e sim EU MUDEI. Parei de beber e comecei a me comportar como um homem de verdade e de família, e com isso fui abençoado com uma nova chance de ser pai. Um belo presente pra quem acabou de fazer 30 anos (é to ficando velho) justamente quando na cultura judaica é a idade onde o homem atinge sua maturidade. Perfeito. Agradeço a Deus por isso.

Agora pensem num cara que está ansioso como um gambá (gambás ficam ansiosos?) pra nascer logo essa criaturinha, ver o rostinho dela (por que ao que tudo indica é uma menina que vem por aí) e sentir essa sensação que vejo meus amigos sentindo com seus filhos. Não só meus amigos, mas também meus primos que já têm seus filhos e com certeza sabem muito bem do que estou falando.

Mas uma coisa que quero deixar bem claro, EU MUDEI DEMAIS, e quem pode muito bem falar sobre isso é ninguém mais que a minha própria esposa. Mas eu mudei pro bem é claro, por que eu quero além de ser um bom pai é ser um excelente marido pra minha esposa por que a experiência de ser pai na verdade já começou, eu já sou pai, e preciso cuidar da minha filha e da minha esposa, enfim, cuidar da minha família.

Vou sempre compartilhar com você caro leitor e caro espectador minhas experiências para que possamos ter uma comunicação interessantes para ambos, o que puder ajudar estarei aqui e o farei com o maior prazer, sempre teremos assuntos com seriedade, com conteúdos agradáveis e claro com muito bom humor por que é assim que eu sou.

Mas sobre os pontos que eu mudei quero compartilhar com vocês sobre como estou fazendo as coisas e agindo em minhas atitudes falarei no próximo post mais detalhadamente (prometo).

Fiquem com Deus e até logo!!! Keep the Faith.



O Titulo já diz tudo, mas... Porque eu não anunciei antes?

Esse texto que escrevi dia 3 de abril de 2016 -> Aborto de uma vida Deve bastar para entender meus motivos.

Eu fiquei abalada, não tem como dizer que passou, o medo de não der certo novamente ainda estava comigo desde o ano passado e quando eu havia começado a viver novamente sem o lamento de ter perdido um filho acontece de novo.

Eu havia entrado em uma dieta, comprei um remédio excelente para emagrecer e obtive ótimos resultados, 15 kilos para ser mais precisa. Eu estava Hiper realizada no meu trabalho quando começo a passar mal da noite para o dia.


Suspeita? Sinusite.

Corri para uma unidade de saúde onde fui medicada com antibióticos, antialérgicos e remédios para o estômago, já que nada parava dentro da barriga.
Minhas tias começaram a suspeitar de gravidez, mas a única providencia que eu havia tomado até então foi suspender o remédio milagroso que nunca havia feito mal. Só que elas continuaram a insistir na ideia de gravidez e compraram o teste.
Lembro que fiz o teste de madrugada, vi o positivo avisei meus pais e minhas tias e voltei a dormir.

Não estava feliz, estava com medo.

Medo de passar de novo pelo que eu havia acabado de viver... um aborto.

Não dei bola, não dei mesmo.
( Filho, se você estiver lendo isso, perdoa a mamãe, mas a minha cabeça ainda não estava madura suficiente para entender sua existência )

Sabe quando a ficha caiu? No ultrassom, onde eu já me encontrava de 4 meses. Até então eu imaginava que não ia dar em nada, eu esperava ver minha menstruação à qualquer instante !
E foi esse o motivo de eu não anunciar nada !


Como vocês puderam notar, eu já mudei tudo aqui no blog novamente .

  >> 

Muita coisa tem mudado aqui, e uma das mais notáveis também é .... mais uma vez ... meu corpo